NOTÍCIAS

Boletim Fonte Segura – Edição 5 2559 1177 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

Boletim Fonte Segura – Edição 5

Edição 2019 do Anuário Brasileiro de Segurança Pública traz dados sobre crimes e violência que indicam queda de índices de violência. Policiais de base aderem ao governo Bolsonaro e abrem disputa com Delegados da PF.…

Número de assassinatos no Brasil cai 10% em 2018, mas polícias matam mais 948 630 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

Número de assassinatos no Brasil cai 10% em 2018, mas polícias matam mais

O número de assassinatos no Brasil caiu pela primeira vez em três anos. Foram 57.341 casos em 2018, patamar inferior ao registrado em 2014. Por outro lado, o número de pessoas mortas pela polícia no país bateu recorde…

CNPq suspende 4.500 bolsas por falta de orçamento 640 330 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

CNPq suspende 4.500 bolsas por falta de orçamento

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico ( CNPq ) anunciou nesta quinta-feira (15) que suspendeu 4.500 bolsas para estudantes de graduação e pós-graduação “devido ao cenário orçamentário”, ou seja, aos cortes que seu orçamento para…

120 cidades do país concentram metade dos homicídios 948 630 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

120 cidades do país concentram metade dos homicídios

O Brasil é recordista mundial em violência letal. Ainda que os dados de homicídio sejam desafiantes, parecem menos intransponíveis à luz das informações apresentadas nesta segunda-feira (5) pelo Atlas da Violência 2019 – Retratos dos…

O novo detector de mentiras usado na Europa contra viajantes 150 150 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

O novo detector de mentiras usado na Europa contra viajantes

ELE VEM SENDO CHAMADO de Conversador Silencioso. O agente de polícia virtual foi projetado com o objetivo de endurecer as fronteiras europeias, submetendo os viajantes a um detector de mentiras para só depois permitir que passem…

Cidade na Flórida toca ‘Baby Shark’ sem parar para evitar que sem-teto durmam em parque 948 630 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

Cidade na Flórida toca ‘Baby Shark’ sem parar para evitar que sem-teto durmam em parque

Músicas já foram usadas como armas para incomodar pais, babás e outros adultos antes sãos na proximidade de crianças. Agora, “Baby Shark“ e “Raining Tacos” estão sendo usadas pelas autoridades municipais de West Palm Beach, na Flórida,…

Milícias se expandem pelo Pará e disputam narcotráfico com facções 948 630 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

Milícias se expandem pelo Pará e disputam narcotráfico com facções

Segundo investigações da Polícia Civil e do Ministério Público do estado, os milicianos dominam o transporte alternativo em várias regiões, a venda de gás em diferentes favelas, a oferta de serviços de TV a cabo,…

Milícia cria bairro em Irajá e cola selo de ‘contribuinte’ em casas 640 330 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

Milícia cria bairro em Irajá e cola selo de ‘contribuinte’ em casas

Aos olhos do poder público, a São Leonardo faz parte de um grupo de ruas que fica na divisa entre Irajá e Vista Alegre, na Zona Norte do Rio. Na prática, no entanto, o conjunto…

One Month, 500,000 Face Scans: How China Is Using A.I. to Profile a Minority 1200 630 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

One Month, 500,000 Face Scans: How China Is Using A.I. to Profile a Minority

In a major ethical leap for the tech world, Chinese start-ups have built algorithms that the government uses to track members of a largely Muslim minority group. Veja a matéria completa Aqui.

145 ESPIÕES: O aparelho clandestino de espionagem que enriqueceu a Fiat no Brasil 275 183 LEGS - Laboratório de Estudos sobre Governança da Segurança

145 ESPIÕES: O aparelho clandestino de espionagem que enriqueceu a Fiat no Brasil

Em outubro de 1978, a Fiat do Brasil se via às vésperas da sua primeira greve. Os operários se organizavam em segredo por medo da repressão militar. Executivos italianos e brasileiros sentiam a eletricidade no…